Parceria entre bancos e polícias pode reduzir criminalidade

23316695 1717986201607811 6947031141069197470 nUma parceria entre as polícias de Minas Gerais e um sistema de segurança bancária que inclui 120 mil câmeras de vídeo, monitoradas 24 horas por dia, pode ajudar a conter o aumento da criminalidade no Estado. Foi esta a conclusão dos parlamentares mineiros que visitaram, nesta sexta-feira (10/11/17), o Centro de Segurança Bancária do Itaú-Unibanco, em São Paulo (SP).

Participaram da visita o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Sargento Rodrigues (PDT), e o deputado João Leite (PSDB). O convite partiu da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que mostrou interesse em uma colaboração mais intensa entre as instituições financeiras e o poder público, na área de segurança.

Para o deputado Sargento Rodrigues, os dados sobre a criminalidade em Minas Gerais mostram a necessidade de uma parceria institucional na área da segurança. “Em Minas Gerais, os crimes contra agências bancárias e caixas eletrônicos cresceram 40% de setembro para outubro deste ano. Nosso Estado já é o que mais registra crimes deste tipo no Brasil, mais do que em São Paulo”, afirmou o parlamentar.

A partir da visita ao Centro de Segurança, o deputado avalia que a principal colaboração dos bancos com o trabalho policial poderia ser o fornecimento, em tempo real, das imagens gravadas nas áreas externas das agências e do arquivo de fotos de pessoas envolvidas em crimes.

O trabalho de segurança realizado hoje pelas instituições bancárias vai além da simples gravação de imagens. Esse material passa por uma análise criteriosa de inteligência, de identificação de envolvidos e de comportamentos adotados na execução dos diversos tipos de crimes. “Atualmente, 90% dos crimes em agências bancárias são investigados e solucionados graças às contribuições das instituições bancárias”, declarou Rodrigues.

23472260 1717986291607802 8635177420802585820 nProjeto de Lei pretende regulamentar disponibilização de imagens

O deputado é autor do Projeto de Lei (PL) 4.566/17, que tramita na ALMG e trata exatamente de regulamentar a disponibilização à Polícia Militar, em tempo real, de imagens gravadas por instituições bancárias. Ele acredita, no entanto, que já é possível a Assembleia contribuir de outras formas para concretizar essa parceria institucional na área da segurança.

Agora, o parlamentar irá se esforçar para incluir, no Projeto de Lei (PL) 4.665/17, uma proposta de ação que viabilize as parcerias entre instituições públicas e privadas na área da segurança. O PL 4.665/2017, trata da revisão do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) 2016-2019 para o exercício de 2018.

“Vamos também procurar o presidente da Assembleia, deputado Adalclever Lopes, para que ele possa receber institucionalmente os representantes das instituições bancárias, de forma a contribuir para que essa parceria se torne realidade”, afirmou Sargento Rodrigues.

Na visita desta sexta (10), os parlamentares foram recebidos, entre outros, pelo diretor de Relações Institucionais e Governamentais do Banco Itaú, Cícero Araújo; pelo superintendente de Segurança do Itaú, Waldemar dos Santos; e pelo assessor jurídico da Febraban, Guilherme Deboni.

NOTÍCIAS IMPORTANTES